segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ah o amor, ahhh a dor!





Para os amantes de Cristo a primeira lição a aprender é a lição do amor. Ele ensinou que "o amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." (1Cor 13, 4-7)
Imaginar um amor assim é até utópico, mas pra quem tem o Cristo, braço forte, como exemplo de vida e os seus ensinamentos como um ideal, acredita que pode haver amor assim. Mas não é fácil! Os relacionamentos pós-modernos estão cada vez mais superficiais, caricaturados, efêmeros. O amor está banalizado, não acreditam mais no seu poder e a todo tipo de relacionamento dão-se o nome de amor... Mas o autêntico amor é semelhante ao amor de Jesus, é verificado pelo sacrifício, pela dor, pelas cruzes. Você, leitor, pode estar achando loucura da minha parte relacionar o amor com a dor, com o sofrimento, mas como diz a canção do Padre Poeta*: " Só quem perdoou na vida sabe o que é amar, porque aprendeu que o amor só é amor se já provou alguma dor." E a dor que Jesus provou na Cruz foi a dor do amor, amor por nós. Essa foi a maior prova de amor da humanidade, o Pai entregou seu filho em sacrifício para nos salvar.
Se analisarmos nossa vida perceberemos que as pessoas por quem mais sofremos, mais nos preocupamos, mais nos decepcionamos, mais perdoamos são aquelas, também, quem mais amamos. O amor é isso, e ele não teria sentido se não houvesse o sacrifício, as dificuldades enfrentadas juntos, os desentendimentos e, principalmente, se não houvesse o perdão.
E quem foi que disse que amar é fácil?

O amor é minha lei.


por Vilane Vilas Boas Rios


*música Contrários de Padre Fábio de Melo









9 comentários:

Monique disse...

Ah amiga, que lindo isso!!
me vi nisso tudo ai.. Perdoar!!
Só quando a gente ama mesmo!!!
E eu tenho provado bastante disso ultimamente.
E sei como é realmente dificil.
Como chorar por alguém se contradiz quando a gente ama... Mas o amor é isso mesmo. E é a minha lei tbm!
Texto lindo, como sempre...

Vilane V.B.Rios disse...

Obrigada, amiga!
É, quem ama prova a dor e quem pensa que amar é um mar de rosas se engana completamente.
Mas amar sempre vale a pena!

Bjos

. disse...

Ótimo Vi, muito interessante mesmo. Concordo em plenitude, mas sempre há excessões, isso é fato! Há alguns casos em que o sofrimento da desculpa não vale a pena pelo amor dito correspondido... Se você realmente ama algo/alguém, com certeza fará de tudo pra não machucar esse sentimento. Quando ele é ferido, outros sentimentos são despertados, e há uma mistura que fará modificações nesse estado de espírito. O erro em questão pode ser perdoado ou não, ai dependerá muito do ato praticado. Do mesmo jeito que não é fácil amar, menos fácl ainda é perdoar. Confiança é algo que só se perde uma vez, por exemplo. Perdendo-a, pode até haver reaproximação, mas nunca a intensidade será a mesma, NUNCA. Aqui e acolá ela emergirá e surgirão conflitos. Tem uma frase que um amigo disse um dia que passei a refletir sobre: "Depois que inventaram a desculpa, ninguém se preocupa em errar". Portanto, ame, ame intensamente e permita-se ser amado, isso é fundamental à vida, e procure não fazer por onde errar...

Vilane V.B.Rios disse...

Não discordo de você, mas talvez não tenha deixado claro no texto que esse amor do qual falo é muito raro entre os humanos, só Jesus conseguiu amar assim e continua nos perdoando...
Nós não! Lutamos e nos esforçamos pra fazer um pouco do que Ele nos ensinou. Por isso que outros sentimentos são despertados quando o amor é ferido (como você disse), e aí o perdão se torna difícil mesmo, porque pensamos no orgulho próprio.
Vlw

Thiago Maia disse...

Pois é Vi, sendo assim, esse amor que tentou dizer no texto é utópico... Falar que alguém errou e ser perdoado pode ser, mas quando está se passando pela situação, o ponto de vista pode ser outro, beeeeeeeeeeeeeeem outro. Seria muito bom se o amor descrito fosse real...

Monique disse...

Sem querer entrar de gaiata no navio, mas ja entrando... Quem nunca foi magoado? Quem nunca viu a pessoa q mais se ama, fazendo a maior bobagem do mundo e mesmo assim conseguiu perdoá-lo! Acredito na realidade do amor q vc descreve Vi! Acredito mesmo!!
E a medida do amor é mesmo o Perdão!
Mas é bem isso... De uma forma ou de outra, a gente sempre pensa mais no "orgulho próprio."
Beijos !!

Vilane V.B.Rios disse...

Mas quem disse que esse amor não é real? Ele só não é comum, até porque hoje em dia o autêntico é raro. E se falo que esse é o amor que Cristo nos ama e nos ensina a amar, ele existe porque Cristo é real e acredito que Ele me ama e é esse amor que me impulsiona a amar, também, as pessoas. Apesar de exigir muito esforço, aperfeiçoamento humano pra poder amar assim, o que importa saber é que somos capazes de amar assim.

Monique disse...

Somos sim! Muitíssimo capazes...

Thiago Maia disse...

veremos se é verdade se esse tal perdão for dado a alguém que tira a vida de um parente querido da gente...